CORONAVÍRUS (COVID-19)

SAIBA O QUE É

COMO TRATAR, SE PREVENIR

Nos últimos dias ouvimos, em todos os meios de comunicação, falar sobre o coronavírus. Uma família viral conhecida desde os anos 60 que agora, em sua nova mutação, tem causado terror ao redor do mundo.

Com a Pandemia declarada na quarta-feira (12), pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e crescentes casos no Brasil, trazemos algumas informações para você ficar por dentro do assunto e saber como se prevenir.

Quais os sintomas do Coronavírus?

São bem-parecidos com os da gripe, ou seja, você pode sentir febre, tosse, falta de ar, fraqueza e dor de garganta. Geralmente a doença é leve, sem muitas complicações, porém, existe a possibilidade de complicações pulmonares, o que pode levar o doente ao óbito.

Como acontece a transmissão?

A transmissão do coronavírus ocorre por meio de espirro, tosse, contato com superfícies contaminadas e contato pessoal próximo. O tempo para que a infecção se manifeste pode durar até 14 dias.

Coronavírus — Saiba como se prevenir

Listamos abaixo algumas dicas básicas de como se proteger do Covid-19

  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão, além de utilizar antisséptico de mãos à base de álcool gel (70%)
  • Ao tossir e espirrar cubra a boca e o nariz. Utilize lenço descartável, não utilize as mãos, se o fizer, lave-a bem com água e sabão. Jogue sempre os lenços fora após a utilização
  • Evite ficar em contato próximo a pessoas com febre e tosse. Se apresentar os sintomas, além de dificuldade em respirar, procure serviço médico
  • Não tocar mucosas (nariz, olhos e boca)
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal
  • Se estiver doente, evite deslocamentos e aglomerações (como trens, metrô e ônibus)
  • Não visite pessoas idosas, gestantes, recém-nascidos e pacientes fragilizados se você estiver com os sintomas (febre, tosse, dificuldade em respirar)
  • Tenha hábitos saudáveis, hidrate-se, alimente-se bem e faça atividades físicas regularmente
  • Não é necessário o uso de máscaras, mas se for utilizar, fique esperto para não ter a falsa sensação de proteção, esquecendo outras ações preventivas importantes, como lavar as mãos e superfícies